A Liturgia revelou, na semana passada, o mistério dos planos de Deus: que, em Jesus, todos os povos, simbolizados pelos magos, foram feitos coerdeiros das bênçãos prometidas a Israel. Nesta semana, nos é mostrado como podemos reivindicar a nossa herança.

Jesus não se submete ao batismo de João como pecador que precise de purificação. Ele humilha a Si mesmo, atravessando as águas do Jordão, a fim de comandar um novo “êxodo” — abrindo a terra prometida do Céu, para que todos os povos possam ouvir as palavras pronunciadas, hoje, sobre Ele. São palavras outrora reservadas apenas a Israel e a seu rei, mas agora extensivas a nós, pois cada um de nós é um filho ou filha amados de Deus (Gênesis 22,  2; Êxodo 4, 22; Salmos 2, 7).

Jesus é o servo escolhido que Isaías profetiza na Primeira Leitura de hoje, ungido com o Espírito para realizar as coisas certas e justas, aqui na terra. Deus põe o Seu Espírito sobre Jesus para torná-lo “o centro da aliança do povo”, o libertador dos cativos, a luz das nações. Jesus, conforme a segunda leitura de hoje, é Aquele que há muito se esperava em Israel, ungido com o Espírito Santo e com poder.

A palavra “messias” significa “ser ungido” com o Espírito de Deus. O rei Davi foi “o ungido do Deus de Jacó” (II Samuel 23, 1-17; Salmo 18, 51; 132, 10, 17). Os profetas ensinaram Israel a esperar um rebento real de Davi, sobre quem o Espírito repousaria (Isaías 11, 1-2; Daniel 9, 25).

É por isso que as multidões estão tão ansiosas, no início do Evangelho de hoje. Mas não é por João que eles procuram. Deus confirma, com Sua própria voz, o que o anjo disse a Maria: Jesus é o Filho do Altíssimo, vindo para reclamar o trono de Davi para sempre (Lucas 1, 32-33).

No Batismo que Ele traz, a voz de Deus pairará sobre as águas como chama de fogo, conforme cantamos no Salmo deste domingo. Ele santificou as águas, fazendo delas um caminho para a cura e a liberdade — fonte de um novo nascimento e a vida eterna.

https://stpaulcenter.com/the-anointing-scott-hahn-reflects-on-the-feast-of-the-baptism-of-the-lord/