Na Primeira Leitura desta semana, o discípulo de Elias pôde dar um beijo de despedida em seus pais antes de seguir o chamado do profeta.

A Liturgia desta semana, no entanto, quer que saibamos que somos chamados a seguir Aquele que é “maior do que Elias”.

No Batismo, vestimos o manto de Cristo, fomos convocados à casa de um novo Pai e nos foi dada uma nova família, no reino de Deus. Fomos chamados a deixar nossas vidas passadas, e nunca mais olhar para trás, seguindo onde quer que Ele nos conduzisse.

Elias foi arrebatado por um redemoinho e seu discípulo recebeu uma porção dobrada de seu espírito (v. 2 Reis 2,9-15).

Também Jesus, como o Evangelho nos lembra, foi “arrebatado” (v. Atos 1:2, 11, 22), e Ele nos deu o Seu Espírito para que tivéssemos vida, para que fôssemos guiados em nossa caminhada até o Seu reino.

Como nos diz a Epístola desta semana, o chamado de Jesus rompe o jugo de toda servidão e nos liberta dos rituais da antiga Lei, mostrando-nos que o cumprimento da Lei é o seguimento de Jesus e o serviço mútuo por amor.

Seu apelo desloca nossas mãos para um novo arado, para uma nova tarefa: a de ser os Seus mensageiros, enviados à frente para preparar todos os povos para encontrá-Lo e entrar em Seu Reino.

Elias solicitou fogo para consumir aqueles que não aceitavam a Deus (v. 2 Reis 1:1-16). Contudo, temos entre nos um Espírito diferente.

Viver pelo Seu Espírito é enfrentar oposição e rejeição, como os apóstolos experimentaram no Evangelho desta semana. É sentir-se como um exilado, sem cidade permanente (v. Hebreus 13:14), sem um lugar, neste mundo, onde deitar a cabeça ou chamar de lar.

Mas ouvimos a voz Daquele a Quem seguimos no Salmo desta semana (v. Atos 2:25-32; 13:35-37). Ele nos chama a fazer nossa a Sua fé, permanecendo confiantes de que Ele não nos abandonará, de que Ele nos mostrará “o caminho da vida”, levando-nos à plenitude da alegria, para todo o sempre, em Sua presença.

https://stpaulcenter.com/audio/sunday-bible-reflections/taking-the-call-scott-hahn-reflects-on-the-thirteenth-sunday-in-ordinary-time/

Publicidade