Há um provérbio norueguês que diz o seguinte: “Quando você está sozinho consigo mesmo, você não pode mentir”.

Um homem pode mentir para os outros, mas dificilmente mentirá para si mesmo.

Mesmo quando ele tenta fazer isso, por fim saberá que está enganando a si mesmo.

Talvez não se envergonhe disto, por pensar que os outros não estão percebendo o que se passa.

Mas é precisamente essa solidão que se torna implacável, pois estar sozinho diante de si mesmo coloca-o diante de uma evidência: a incapacidade de ele ser solução para si mesmo.

Quando se relaciona com os outros, o homem se ilude a si mesmo ao achar que vai iludir os demais.

Contudo, quando ele se encontra consigo mesmo, não há espaço para qualquer ilusão: só a verdade permanece de pé, como o último soldado num campo de batalha onde todos já morreram.

Trata-se da verdade de haver necessidade de uma Verdade que nenhum homem pode dar-se a si mesmo.

http://itresentieri.it/quando-sei-solo-con-te-stesso-non-puoi-mentire-proverbio-norvegese/